Eu e os meus rapazes | ser mãe de meninos


aqui disse o que senti pela primeira vez quando soube que ia ser mãe de um menino. O meu maior medo era não saber como brincar com ele, pois sendo eu uma menina muito cor-de-rosa,  mesmo com dois irmãos mais novos, nunca achei piada aos carrinhos, às motos, às lutas, e a tudo o que os meninos traziam consigo. Por isso, fiquei apreensiva. Muitas mães, quando sabem que vão ter um menino, ficam com algum receio, tal como eu tive. Receiam não saber interagir com os meninos, pois temos uma maior afinidade com o cor-de-rosa do que com o azul.

Mas depois lá veio o João, com os seus olhos doces, e as suas declarações de amor logo pela manhã e tudo fluiu naturalmente. 


Quando engravidei do segundo filho, todos me disseram que tinha que ser uma menina. Assim teria o tão proclamado "casalinho", e supostamente estaria já arrumada. Depois veio a confirmação de que era (outro) menino, e apesar de eu ter ficado contente por saber que o João teria um amigo para a vida, a maior parte das pessoas ( fora do círculo familiar) achou que teria sido melhor uma menina. 
Muitos me disseram  (e ainda dizem), tens que ir ao terceiro, ou deixa lá vais ver que o próximo é uma menina, ou pior ainda, que pena, se fosse uma menina terias um casalinho. 

Primeiro, não se diz a uma mãe que está à espera de um filho que o próximo é que vai ser melhor. Este já é o melhor, os que temos já são os melhores. São nossos, sangue do nosso sangue, amor do nosso amor, logo não poderá haver melhor do que isso. 

Segundo, os meninos, com toda a energia que trazem consigo, não são piores nem melhores que as meninas. São iguais, no mesmo grau de importância e significado, mas também são diferentes no sentido de como agem e como pensam. São meiguinhos e carinhosos como nunca nenhuma menina é. Vêem a mãe como uma espécie de ser superior, e sim, mesmo cansadas, com olheiras, com os cabelos despenteados, seremos e somos sempre as suas rainhas. 

Gostava de ter uma menina, sim, gostava. Gostava de escolher os vestidos e os penteados, de brincar com bonecas e de mais tarde ter uma companhia para aqueles programas de meninas. Não sinto que se tivesse uma menina amá-la-ia de forma diferente, ou que que seria melhor ou pior. Sei que amá-la-ia exatamente da mesma forma que amo os meus dois meninos, as preocupações seriam iguais, as alegrias e os receios também, mas certamente as brincadeiras seriam diferentes e talvez a abordagem de aproximação também seria de um ângulo diferente. 

Sim, os meninos não têm tanta variedade de roupa (os chamados looks), nem de calçado, nem de penteados ou acessórios. São bem mais fáceis de lidar, não há dramas nem dramatizações, são práticos no raciocínio. 

Temos uma maior afinidade com as bonecas e as casinhas do que com carros e motos. É verdade, mas também iremos descobrir um admirável mundo novo de aventuras e de criaturas (quase sempre feias) que trazem surpresas e loucuras. 
Os meninos são mais endiabrados. As meninas também o podem ser. 
Os meninos precisam de mais espaço, espaço amplo e livre para correr e saltar. As meninas entretêm-se mais a pentear uma boneca, num espaço mais pequeno. 

Os meus meninos têm tudo a que os meninos têm direito, carros e comboios, dinossauros e bolas. São muito diferentes entre si, um muito atinadinho e certinho e o outro mais terrorista e sempre pronto a testar os limites. Um gosta de puzzles e o outro de escalar coisas.

 Acho que a minha casa não seria diferente (nem nós) se tivesse uma menina, tínhamos na mesma os quartos algo desarrumados, bonecos e brinquedos, alguns na sala, teriam na mesma uma mesinha para pintar, prateleiras com livros e jogos, masterpieces na parede da minha casa-de-banho, continuávamos a ouvir  música alta e a dançar  na sala , faríamos na mesma bolos juntos, riamos pelas mesmas coisas e teriam as mesmas birras. 
Continuávamos a acordar tarde no fim‑de‑semana e tomar o pequeno almoço na cama, a fazer sestinhas juntos e banhos molhados que invadem mais do que deveriam. Imensas fotografias espalhadas pela casa, celebrações das datas importantes e das coisas pequenas, triciclos e bicicletas, sacos e malinhas, coisas grandes e pequenas, miminhos e rotinas

Seria tudo igual. 
Nada mudaria, ao não ser na cor do quarto.


Foto:pinterest 



Mais posts sobre Me&Us 




Comentários

  1. Sou mãe de um menino e posso dizer que adoro!!
    Já me dizem também "já está na altura de fazeres a menina!" mas muito sinceramente? Se algum dia engravidar novamente e for de um menino ficarei muito contente. Adoro meninos. Claro que uma menina, fazer os tais programas de meninas e mais tarde ter a mesma cumplicidade que tenho com a minha mãe, iria ser muito bom também.

    ResponderEliminar
  2. Olá Marta,

    É verdade, dizem-nos muitas vezes isso também... Mas eu também sendo mãe de menino, se um dia tiver outro não me importo nada, nadinha de ter outro menino! As pessoas é que acham sempre um casalinho a coisas mais fofinha,como se devesse de ser sempre assim e eu não concordo muito com isso! É fofo, é giro, é diferente, permite-nos vivenciar o mundo dos meninos e das meninas... Mas se vier um outro rapaz, perfeito na mesma :-)
    O que interessa realmente é que venham com saúde que nós cá estamos do lado de fora para lhes dar muito amor quando nascerem :-)

    Beijinhos***

    ResponderEliminar
  3. Eu sou mãe de menina, e também queria que a segunda fosse menina, por isso mesmo, pela afinidade das duas! Mais do que garantir que temos os dois sexos! Porque cada um tem o seu lado bom!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Sou mãe de dois rapazes e os comentários que ouvi quando soube que estava grávida de um segundo rapaz foram hilariantes. Eu estava feliz porir ter outro rapaz (como estaria se fosse uma rapariga) e ouvi as maiores barbaridades, que não me incomodaram, mas podiam ter incomodado. Gostava de ter o terceiro filho e quando digo isto ouço logo: claro, falta a menina! A mim e ao meu marido não nos falta nada. Temos dois rapazes e eu adoro ser mãe de rapazes. Claro que as brincadeiras são muito diferentes das que eu tinha com a minha irmã, mas é maravilhoso ser mãe de rapazes. Nunca sonhei com o casalinho e adoro ver os meus rapazes a crescerem juntos. Para rir, o meu testemunho aqui:http://vidasdanossavida.blogspot.pt/2013/04/pessoas-inconvenientes.html

    ResponderEliminar
  5. Quando soube que estava grávida de gémeos toda a gente me dizia que devia ser um casal, ficava logo arrumada, bahhh, eu senti logo que seriam dois meninos, pelo menos adorava a ideia, quando tive confirmação o meu mundo ficou ainda mais azul, a minha cor preferida. Se me sentir corajosa e tentar o terceiro e for outro menino não vou ficar nada triste. Mas pronto tenho a vantagem de no meu trabalho brincar com meninos e meninas, ora sou um dragão ora sou princesa.

    ResponderEliminar
  6. Eu tenho um rapaz com 5 anos, e outro com 1 mês. Quando engravidei tinha toda a gente à minha volta (toda mesmo!) a dizer que tinha que ser menina, ao ponto de eu ficar com algum receio de dar a notícia aos avós quando descobri que, afinal, quem ficou contente fui eu, que queria outro rapaz. Fiquei encantada com ser mãe de um rapaz e adoro ter outro, saber que o meu mais velho vai ter um mano mais novo para tomar conta, para ensinar todas as coisas que vai aprendendo pela vida fora, para ser companheiro e amigo e irmão. Já disse várias vezes que, provavelmente, se o primeiro tivesse sido uma rapariga estaria, no segundo, a torcer por outra menina. Mas o destino assim quis e eu estou muito feliz. Gostava de ter o terceiro, mas por querer 3, e não por querer, agora, uma menina. Até porque é sempre melhor estarmos preparadas para aceitar e amar o que vier porque, como dizia o meu filho mais velho, não podemos escolher! :-)

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde a todas. Eu sou tia de um menino e como tal deparei-me com uma situação para a qual gostaria da vossa opinião... Alguma vez vos aconteceu, na troca de fralda o vosso filhote se lembrar de fazer um xixi quando estão quase quase a sair de casa para trabalhar????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. aconteceu-me tantas vezes!!!! abrir a fralda e a piloca levantar!! !!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mais lidas